Reflexão sobre dias frios e corações quentes.

Reflexão sobre dias frios e corações quentes.

São dias de novembro, dias de dezembro, dias de outubro talvez…
são dias em que a gente se pega no meio de uma tarde de chuva leve sob a vidraça da janela escorrendo, e nossos olhos se veem mirando no infinito, fitando quem sabe, os caminhos que nossa alma ainda lembro que nós passamos algum dia, são pessoas que não vemos mais, amigos que perdemos ao longo da vida, amores que amamos e por alguma razão não sabemos mais por onde andam, são nossos desejos de que aquele alguém tão especial esteja com a gente nestes dias frios protegendo do frio, esquentando o corpo e alegrando a alma…

Nestes dias, tudo que quereos é estar a sós na nossa cama, ouvindo uma musica triste e bonito, curtindo nossa melancolia, refletindo sobre nossa vida…

São nestes dias que sonhamos, e parece que a mágia toma conta de nossos sonhos… Eu adoro esses dias, pois vejo uma poesia linda na solidão e na melancolia. . .Mais o corpo pede outro corpo, o coração pede um amor… Quem sabe um desejo ardente que esquente as noite quentes e as tardes frias, chuvosas…

É como se precisassemos todos de parar ao longo da estrada da vida para pensar e repensar sobre o caminho já percorrido…

Adriano Uriel S dos Santos

Sobre adrianouriel

A camada sob a superfície com a chuva rala sob a superfície plana...
Esse post foi publicado em 2012 NOS HORIZONTES QUE CIRCUNDAM, URIEL MAIO e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s