Diferente de Tudo

Diferente de Tudo

Honestidade não é virtude, é obrigação!

Como se nunca tivessem visto uma pessoa honesta,
É assustador mais as pessoas desconhecem o significado de suas obrigações.

Ser um político honesto é motivo de piada, e por isso gera descrença geral na população e por isso muitos votam em qualquer um!

Ser inteligente é sinônimo de ser “metido a besta” ou de “se achar melhor que os outros”!

Dizer que é virgem é motivo de cobiça, como se tivessem achado algo que ninguém mais têm. Se ela fala que é, não acreditam.

Todo mundo têm que ser impuro, mentiroso, pecaminoso, promiscuo, vulgar, corrupto, violento as vezes ou grosseiro, amar coisas e usar pessoas.

Sendo assim, se não for corrupto não serve pra ser político
Se não for vulgar não é boa amante
Se não for violento ou grosseiro é sinal que você é um otário, babaca e se deixa levar
Você só faz amigos se for beber, caso contrário nada de amigos pra você

Estude, seja correto, pague suas contas, não demonstre ser inteligente, não demonstre saber das respostas as perguntas feitas na escola, não demonstre sua fé, sua religião, sua opção sexual, seu time favorito, como você pensa e o que deseja.

Apenas viva como todo mundo quer que você viva, por que todo mundo aprendeu a viver da mesma maneira, todo mundo aprendeu a pensar e a gostar das mesmas coisas,
todo mundo aprendeu o valor das coisas mais não o valor das pessoas
todo mundo se incomoda com alguém que não é como elas
por que na verdade elas gostariam de ser como você
mais elas não aprenderam, elas estão penduradas nas cordas amarradas nos dedos de quem as controlam, por isso o novo, o diferente, o que elas julgam anormal,
isso lhes incomoda muito.

Ser honesto, ensinam as letras que formam a palavram mais não ensinam o significado da palavra e o valor que ela carrega, não têm importância, por isso é anormal no mundo de normais que caminham vazios da verdade e cheios de “verdades”!

Por: Adriano Uriel S dos Santos

Sobre adrianouriel

A camada sob a superfície com a chuva rala sob a superfície plana...
Esse post foi publicado em 2012 NOS HORIZONTES QUE CIRCUNDAM, JULHO e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s